sábado, 4 de dezembro de 2010

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Oração para conseguir emprego


Quando estive desempregado, orei durante um mês, mentalizando diariamente por trinta minutos as seguintes palavras, e consegui um emprego adequado para mim.

Uma vez que Deus me fez nascer como homem na Terra,
significa que existe um emprego próprio para mim.

Do livro: Minhas Orações - Masaharu Taniguchi
Oração para receber provisão infinita


Estamos sempre recebendo provisão infinita. Entretanto, muitos não reconhecem esse fato. Você está cercado de infinitas dádivas. De manhã, ao acordar, enumere-as. Não lamente, pensando que não possui riqueza infinita. Se parece que não tem riqueza infinita, é porque você a delimita vendo-a de um ângulo só. A provisão infinita possui infinitas facetas, infinitas formas. É preciso que você também não se delimite. Expanda-se infinitamente, de infinitas formas, orando como segue:


Como eu ofereço o dízimo a Deus, tudo que penso, digo e faço
é abençoado por Deus e se concretiza.
Porque ofereço contribuição a Deus, Ele de tudo me provê abundantemente.
Deus revelou boas novas para salvar a humanidade,
e eu ofereço a décima parte do meu ganho, do meu tempo, do meu trabalho
e da minha capacidade, para divulgar essas boas novas.
Por isso, prospero inevitavelmente.


Através do dízimo, ligo-me diretamente a Deus, que é a fonte de todas as riquezas e felicidades.
Este é o segredo para ser provido abundantemente em todos os aspectos da minha vida.
Como ofereço contribuição cada vez maior, Deus me recompensa cada vez mais abundantemente.

Obrigado, Deus!


Deus, que é a fonte de toda provisão ou riqueza, está sempre me concedendo abundante riqueza.
Como herdeiro da riqueza de Deus, sou dotado de ricas qualidades naturais
para receber abundantemente as dádivas de Deus.
Sendo Deus próspero, eu, Seu herdeiro, também sou próspero.


A riqueza de Deus jamais esgota; logo, minha riqueza também jamais esgota.
Em tudo que faço, dedico-me integralmente, pois sei que sou suprido infinitamente por Deus.
Dedico-me a Deus e Ele me recompensa.
A provisão das deslumbrantes riquezas que escoam pelo caudaloso rio da Vida de Deus
flui ininterruptamente para o meu interior, e eu a recebo com amor e gratidão.

Do livro: Minhas Orações - Masaharu Taniguchi

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Para mais informações e reservas, entre em contato com o Departamento de Seminários da Seicho-no-ie: tel: 5014.2222 ou no e-mail seminarios@sni.org.br

Revelação Divina da Academia

Revelação Divina da Academia


Academia da Vida é um local de purificação destinado a manifestar a Natureza Divina das pessoas. Natureza Divina é a natureza verdadeira da Vida. Purificar significa eliminar as ilusões. Sendo o homem filho de Deus, ao manifestar a sua natureza verdadeira, ele se revela livre de doença, de sofrimento, da morte, do pecado, de todas as espécies de infelicidade. E sendo o mundo dos homens constituído por filhos de Deus, ao manifestar a sua natureza verdadeira (Jissô), as lutas entre indivíduos, classes e nações também desaparecem por si. As pessoas sofrem porque são poucas as que despertam para sua natureza verdadeira (Jissô). Como sinto pena dos que sofrem confundindo o aspecto falso com a natureza verdadeira, fiz publicar anteriormente o livro sagrado A Verdade da Vida para desfazer a treva da ilusão com a luz da sabedoria. Se foste salvo pela simples leitura do mesmo, deves considerar-te uma pessoa muito abençoada por Deus. Não despreza essa bênção e contribui para transmitir a Verdade aos semelhantes e salvar mais e mais irmãos, pois todos os homens são irmãos em Deus! O desejo de transmitir a Verdade e salvar o próximo é amar, é a vontade de Deus. Logo, ao transmitir a Verdade, Deus estará contigo e te fará proferir palavras de Deus. Portanto, não deves considerar-te sem capacidade para falar a Verdade; falando de qualquer assunto relativo à Seicho-No-Ie que vier à mente na ocasião, esse ato constituirá a semente da salvação do interlocutor. A ti basta semear, pois Deus insuflará a semente do ensinamento na mente humana. Falando o que te ocorrer na hora, o ouvinte será salvo com isso. Salvar uma pessoa representa uma grande obra perante Deus. Isso é muito importante. A Academia da Vida destina-se aos que não atingiram ainda nível espiritual para compreender a Verdade pela simples leitura dos livros sagrados, e aos intencionados em obter conhecimentos mais profundos para salvar o próximo; a todos ensina a unir a luz da sabedoria ao calor do amor e assim ajudar as pessoas nos diversos aspectos. De ora em diante, bons elementos que são encarnações de enviados do alto para salvar as pessoas, virão de todos os pontos para essa Academia e aqui farão milagres. Os que vierem com sentimento de amor obterão a graça divina, mas aqueles que vierem para julgar ou zombar não poderão receber a graça divina enquanto não sintonizarem com Deus, corrigindo sua atitude mental.

(Revelação Divina de 14 de março de 1932 – A Verdade da Vida, Vol. 6; 2ª Ed.; p. 113)



domingo, 26 de setembro de 2010

Qual é a influência da alimentação no homem?


O consumo excessivo de alimentação à base de carne ou de quitutes preferidos, além de ser nocivo à saúde, influi desfavoravelmente na formação do caráter, na transformação da fisionomia e também na mente humana. Ao analisar a própria fisionomia, pode-se conhecer também a própria “mente”.


Este livro exprime com minúcias a tríplice relação existente entre a alimentação, a mente e a fisionomia, bem como indica métodos concretos para melhorar o destino e alcançar a felicidade.


       Nesta peça teatral, quem foi crucificado não é Cristo, mas Judas, que se prendeu à lei da mente. Esta obra procura ser fiel à Bíblia, mas no final promove uma reviravolta, interpretando a vida de Jesus de modo a comprender o seu verdadeiro espírito, e transportará o leitor até às margens do rio Jordão de dois mil anos atrás para dialogar com Jesus, sentir suas aflições como se fosse um de seus doze apóstolos e buscar juntamente com ele uma vida de amor e harmonia. Esta é uma valiosa obra literária religiosa em que o autor, analisando de forma lógica a vida humana com base na visão profunda da vida e na Verdade, leva à conclusão de que Judas recebe o destino que merece Jesus Cristo prossegue o seu caminho, e a exprime de modo dramático.


       O corpo carnal tem a força limitada, mas o sonho e o ideal do ser humano não têm limites. Será que não há um Caminho de plena liberdade que nos possibilite solucionar esse dilema, permitindo-nos livrar das angústias causadas pelas restrições do nosso corpo carnal?


       O próprio Mestre Masaharu Taniguchi, autor deste livro, atravessou uma fase de sofrida busca desse caminho. Ele refletiu a fundo sobre questões tais como: “Deus é Criador também das infelicidades?”, “Não haverá um mundo onde não haja conflitose todos os seres possam viver em harmonia, vivificando uns aos outros?”, etc. E finalmente, pela negação do mundo material e do corpo carnal, ele alcançou o mundo de Deus, onde tudo é paz, harmonia e alegria.

       Este livro é a autobiografia do fundador da Seicho-No-Ie, que transcende o sectarismo religioso, realiza nos dias atuais milagres semelhantes aos realizados por Jesus Cristo e nos proporciona, concretamente, alegria e ânimo de viver.
       Na verdade, este corpo é manifestação de Buda e este mundo é o paraíso. Lendo este livro, você compreenderá a Verdade Suprema, a essência do budismo Mahayana.(o Grande Veículo)
       Vendo apenas o mundo das formas, pode-se pensar que o ser humano não passa de um "saco de pele" que contém muitas imundícies. Essa é a visão de quem vê o ser humano como simples matéria. Mas o ser humano não é mera matéria. No que concerne à Vida, é um ser búdico. Quando Sakyamuni compreendeu que todos os seres são manifestação da Vida de Buda e eliminou a idéia de que tudo é matéria, viu surgir o mundo paradisíaco.  Na Seicho-no-ie esse despertar é expresso com a seguinte frase: "O ser humano é filho de Deus; o paraíso existe aqui e agora".
Oração para manifestar o meu Corpo Verdadeiro que é perfeição absoluta.



Eu sou filho de Deus, de harmonia e perfeição absoluta.
O meu Eu verdadeiro é Deus resplandecente, absolutamente perfeito e harmonioso, e sendo envolto plenamente por uma brilhante aura dourada, nenhuma vibração de doenças ou de males poderá me prejudicar.
              MISSÃO SAGRADA
       A Seicho-no-ie foi iniciada pois o mestre Masaharu Taniguchi, ao tomar conhecimento da verdade de que “a matéria não existe, o sofrimento não existe, e de que existe apenas Deus e o que vem de Deus”, percebeu mudanças em sua vida e quis compartilhar com outras pessoas.
       Inicialmente realizava as reuniões de estudo e publicações da revista SNI com seus próprios recursos, não havendo necessidade de receber donativos de outras pessoas. Ao lerem as revistas e sutras sagradas, várias pessoas começaram a reconciliar-se e ter harmonia familiar, além de solucionarem problemas econômicos, alcançarem a cura de doenças desenganadas pela medicina, o que permitiu uma crescente repercussão da filosofia que ele transmitia.


      Este aumento da procura pelas pessoas do ensinamento da SNI, trouxe a necessidade de uma sede ampla para as atividades. Hoje, 80 anos depois da fundação do hoje chamado Movimento de Iluminação da Humanidade, há milhões de pessoas que já tem conhecimento de que são filhos de Deus. Mas ainda há muitos milhões que precisam encontrar uma porta aberta, um abraço amigo e palavras de conforto e incentivo.

       Para que isso seja garantido existe a missão sagrada, um órgão que se incumbiu de custear as atividades de divulgação do pensamento iluminador. Isso acontece através das contribuições dos membros da Missão Sagrada, que passam a ser chamados Apóstolos da missão sagrada, porque não almejam graças apenas para si próprios. Desta forma, dedicam-se à salvação dos semelhantes antes mesmo de alcançarem a própria salvação. A partir do momento em que se instituiu a missão sagrada, o mestre Masaharu Taniguchi passou a tocha da Verdade para cada um desses apóstolos, que passam a ser Masaharus Taniguchis, ou seja, compartilham esta missão de espalhar o conhecimento da filosofia da Seicho-no-ie a todos os cantos do planeta.

       É importante destacar que a missão sagrada não é uma simples doação, mas sim uma forma de contribuir para que mais e mais pessoas alcancem a compreensão de que são filhas de Deus. Por isso, não importa o volume da contribuição, mas o fato de adquirir a convicção de estarem vinculados com a vida com Deus e colaborando para a expansão da Verdade Homem Filho de Deus.

Ao contribuir com a missão sagrada deve-se mentalizar: “Deus, permita-me colaborar com seu movimento de Iluminação da Humanidade. Desejo que esta contribuição esteja de acordo com sua vontade e seja usada corretamente no Movimento de Iluminação da Humanidade. Muito obrigado.”

De acordo com as palavras do Professor Seicho Taniguchi, no livro O amor tudo cura:

"Quando manifestamos dessa maneira concreta a nossa gratidão a Deus é espantoso como recebemos de volta dezenas, centenas de vezes mais, o valor da nossa oferta, o que é comprovado pela experiência de qualquer um que já efetuou alguma oferenda. Isso acontece porque, quando a nossa mente se sensibiliza e passa a sentir gratidão e desejo de retribuir a Deus, tal como a oferenda do dízimo, abrem-se os olhos da nossa mente e surge a Mente divina."


      Assim, tornando-se membro da Missão Sagrada, conforme a lei "Dás e receberás", a pessoa consegue obter alegria no lar, cura de doença, prosperidade nos negócios, os filhos se tornam excelentes, e descortina-se misteriosamente uma nova vida, repleta de felicidades.

       Entretanto, contribuir visando a obtenção de lucro não é a verdadeira prática de amor. Não se deve esquecer do objetivo inicial, que é o de manifestar gratidão e ao mesmo tempo contribuir para a expansão da Verdade anunciada pela Seicho-no-ie.

       As pessoas que se tornaram membros da Missão Sagrada escrevem, de próprio punho, o seu nome nos formulários de Registro Espiritual da Missão Sagrada, dos quais uma via fica no Santuário Hoozo do Brasil e outra é enviada ao Japão para ser depositada na Arca Sagrada de Templo Matriz da Seicho-no-ie, em Nagasaki, e receber, assim, vibrações espirituais das bençãos de Deus 24 horas por dia.

Fica o convite aos adeptos!! Integre ativamente o Movimento de Iluminação da Humanidade e também associe-se à Missão Sagrada, reconhecendo tão nobre significado!!

Qualquer dúvida, procure a APL Vila Mazzei - Rua Cônego Ladeira, 272 - Vila Mazzei - São Paulo ou escreva para aplvilamazzei@gmail.com

Muito obrigada!!!








domingo, 12 de setembro de 2010

Oração para eleger bons candidatos


“Ó Deus, purificai o pensamento do povo para que esta nação seja governada por pessoas que realizem a vossa vontade.

Ó Deus, orientai todo o povo de modo a colaborar unido para a prosperidade deste País.

Ó Deus, fazei com que sejam eleitas pessoas que Vos compreendam realmente e que sejam porta-vozes da vossa vontade na gerência das coisas públicas.”


(Em seguida, mentalizar repetidas vezes o seguinte, visualizando o mundo repleto de Luz:)

“A luz do Amor de Deus ilumina todo este País e nele reina a Paz.”



MASAHARU TANIGUCHI     Livro: Minhas Orações, p. 159

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

domingo, 8 de agosto de 2010

Neste momento, tenho a real sensação de estar perfeitamente sintonizado com o próprio Bem. Já não me sinto apartado do Bem. Estou repleto de alegria, pois tomei consciência de meus direitos como filhos de Deus que habita a casa do Pai. Despertei do pesadelo e dirijo-me para junto do Pai. Agora estou perfeitamente consciente da Vida, do Amor e da Sabedoria de Deus que habita dentro de mim. Conscientizei-me de que minha situação e meu destino nada mais são que reflexos de meus próprios pensamentos. Por isso, de agora em diante pensarei somente no que existe de melhor, mais puro e verdadeiro. Sou capaz de descobrir, entre uma infinidade de coisas, o que é bom e o que desejo obter. Sinto-me preenchido pela Sabedoria e Força de Deus. Estou exultante, sentindo-me um com a Vida do Universo. Tudo que desejo se concretizará com certeza. Agradeço a Deus por esta benção. Obrigado.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

A FONTE DA RIQUEZA É INESGOTÁVEL



A verdadeira riqueza está dentro da mente. Embora uma pessoa tenha grande quantidade de dinheiro e bens, mas se estiver insatisfeita, com sensação de carência, será uma pessoa pobre.


Há pessoas que, apesar de já possuírem bastante riqueza, cobiçam mais, cada vez com maior avidez. No budismo diz-se que tais pessoas caíram no inferno da fome.


Deus é a fonte de todas as riquezas; essa fonte é inesgotável. Quando sintonizamos a nossa mente com essa fonte, recebemos dela a provisão de coisas necessárias, na medida do necessário. O verdadeiro rico é aquele que conhece e vive a Verdade. Não basta apenas conhecê-la; é preciso mentalizá-la. pô-la em prática e demonstrá-la.


Se nós, olhando apenas a parte material, pensarmos que a riqueza é limitada, estaremos fechando a fonte da riqueza infinita com o nosso próprio pensamento.


fonte: MASAHARU, Taniguchi - Convite à Prosperidade - vol. 2 ::
ENRIQUEÇA PRIMEIRO SUA MENTE


Mesmo que esteja esperando uma ajuda externa, você não poderá receber essa ajuda se no íntimo não estiver preparado para recebê-la. Ainda que receba água num balde, se este estiver furado a água acabará vazando toda. Não é somente através de ajuda externa que você conseguirá a felicidade e a prosperidade. Reflita sobre o seu modo de pensar. Para isso, deve, antes de tudo, conhecer a lei básica: "Os semelhantes se atraem". Se tiver pensamentos mesquinhos, só virão coisas mesquinhas. Primeiramente, é preciso pensar "sou rico". Mas você diz que não consegue pensar assim porque de fato é pobre? Diz isso porque é pobre a sua força de imaginação. Não se prenda ao fato material e desenhe na mente a riqueza do Jisso.

fonte: TANIGUCHI, Masaharu - A Verdade, vol. 9 :::

terça-feira, 20 de julho de 2010

AMIZADE

Você já parou para pensar sobre o que é a verdadeira amizade?


A palavra amigo é usada de maneira muito ampla pela maioria de nós.


Apresentamos como amigos os colegas de escola ou de faculdade; os colegas de trabalho, os amigos que conosco praticam esporte, ou aqueles com quem nos relacionamos em várias atividades.


E é bom que assim seja, pois ao chamarmos de amigos, de alguma forma os aceitamos, e passamos a tentar conviver bem com eles.


Mas será que esses são os nossos verdadeiros amigos? Será que nós somos os verdadeiros amigos dessas pessoas?


Nossos verdadeiros amigos têm uma real conexão conosco. São aqueles que realmente gostam de nós e de quem nós gostamos verdadeiramente.


O verdadeiro amigo nos aceita como somos, mas não deixa de nos dar conselhos para que mudemos, sempre para melhor. E nós aceitamos esses conselhos porque sabemos que vêm de quem se importa conosco.


O verdadeiro amigo se alegra com nossas alegrias, com nossos sucessos, e torce pela realização de nossos sonhos.


O verdadeiro amigo preocupa-se quando estamos tristes e, frente a situações difíceis para nós, está sempre disposto a ajudar.


O verdadeiro amigo não precisa estar presente em nossas vidas todos os dias, mas sabemos que está ao nosso alcance quando sentirmos saudades, quando quisermos saber se ele está bem, ou quando precisarmos dele.


Distâncias não encerram amizades sólidas, em uma época onde a comunicação é tão fácil. Mas, mesmo sem um contato constante, o sentimento de afeto não se abala.


É do livro O pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, a famosa frase: Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.


Se cativamos um amigo, então somos responsáveis por essa amizade. Devemos saber retribuir as atenções e o carinho recebidos, com a mesma dedicação.


Afinal, a real amizade é como uma estrada de duas mãos: nos dois sentidos os sentimentos são semelhantes.

Com o verdadeiro amigo temos a chance de praticar o real amor para com o próximo, ainda tão difícil de praticar com todos, como Jesus recomendou.


Temos a chance de praticar o perdão, pois nosso caro amigo tem o direito de errar como qualquer ser humano o tem. E, se errar conosco, que o perdoemos, pois amanhã talvez sejamos nós a pedir perdão.


Jesus e Seus apóstolos formaram um grupo de dedicados amigos. Muitos deles, sem se conhecerem previamente, desenvolveram, naqueles curtos três anos da pregação do Mestre, uma amizade que duraria até o fim de suas vidas.


Quando, após a morte de Jesus, se viram aparentemente sozinhos, ajudaram-se mutuamente, deram forças uns aos outros para a dura missão que teriam pela frente.


Amigos são verdadeiros presentes que Deus nos dá. Muitas vezes são antigos companheiros de jornada que reencontramos, para que continuemos juntos, nos apoiando nesta nova caminhada.


Não busquemos quantidade, mas, sim, a qualidade, certos de que a verdadeira amizade deve ser cultivada e cuidada como algo de real valor em nossa vida, algo que não nos pode ser tirado, e que levaremos conosco eternamente.


fonte: http://www.cirilovelosomoraes.com.br/category/amizade/
video

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Associação Prosperidade Vila Mazzei!!


convida para Conferência com o tema


Como despertar a natureza divina

Livro-texto: 365 itens para alcançar o ideal

Orientadora:

Preletora Mariangela de Souza Moreira Gomes

dia 20/07 (terça-feira), as 20h

Entrada franca


Muito obrigada!!

 
Endereço - Rua Conego Ladeira, 272 (próximo do metro tucuruvi)

terça-feira, 13 de julho de 2010

ORAÇÃO PARA TORNAR O LAR UM PARAÍSO

A Vida de Deus , que é eterna, está alojada em mim como minha Vida, e por isso a minha Vida também é eterna, imortal e inadoecível. Por conseguinte, mesmo quando pareço doente, não o estou; apenas estou sonhando com a doença.Mesmo quando pareço morto, não o estou; apenas estou sonhando com a morte. E o q me desperta desse sonho é a luz Infinita de Deus. Diante da Sua Luz, treva a alguma pode permanecer. Neste momento chamo por Deus. Qdo o ser humano chama por Deus, este lhe responde.Chamando por Deus, estou sintonizado com Suas vibraçoes mentais, estou sempre unido a Deus!Sou um com Deus! Todos os membros da minha familia tb são filhos de Deus! Sempre reverencio os meus familiares como filhos de Deus.Aqui e agora é o Paraíso! é o lugar onde Deus está presente. Logo, o paraíso está aqui e agora.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Associação Prosperidade Vila Mazzei!!

convida para Conferência com o tema

Como vencer as preocupações da vida
Livro-texto: Reconstruindo a vida humana
           
Orientadora:
Preletor Marcia Garraffa

dia 13/07 (terça-feira), as 20h

Entrada franca

Muito obrigada!!

Endereço - Rua Conego Ladeira, 272 (próximo do metro tucuruvi) 
Oração para encarar as adversidades

Mesmo que alguém maltrate você injustamente, ou se apodere indevidamente de algo seu, ou se equivoque a seu respeito, não guarde rancor dele. Para casos como esse, Cristo ensinou: “Não resistais ao (que é) mau”. Se resistir ao mal, estará reconhecendo mentalmente a sua existência e ele não poderá desaparecer. Ore do seguinte modo:
Pessoas boas e adequadas aproximam-se de mim,
Atraídas pela minha mente,
Segundo a lei de atração dos semelhantes.
Eu amo essas pessoas,
E por isso elas jamais me prejudicam.
Embora pareçam estar me contrariando,
Isso não passa de reflexo da minha mente
E é um estágio para aproximar
Pessoas e desencadear fatos muito melhores.
Muito obrigado!

domingo, 4 de julho de 2010

DNA e Emoções, segundo Gregg Braden*


Foi realizado pelo Institut Heart Math e o documento que lhe dá suporte chama-se “Efeitos locais e não locais de freqüências coerentes do coração e alterações na conformação do DNA” (não se fixe no título). Este experimento relaciona-se diretamente com o antrax. Neste experimento tomou-se o DNA de placenta humana e colocou-se em um recipiente onde se podia medir as alterações do mesmo. 28 amostras foram distribuídas, em tubos de ensaio, ao mesmo número de pesquisadores previamente treinados. Cada pesquisador havia sido treinado a gerar e SENTIR sentimentos, e cada um deles podia ter fortes emoções. O que se descobriu foi que o DNA MUDOU DE FORMA de acordo com os sentimentos dos pesquisadores.

1. Quando os pesquisadores sentiram gratidão, amor e apreço, o DNA respondeu RELAXANDO-SE e seus filamentos esticando-se. O DNA tornou-se mais grosso.

2. Quando os pesquisadores SENTIRAM raiva, medo ou estresse, o DNA respondeu APERTANDO-SE. Tornou-se mais curto e APAGOU muitos códigos.

Já se sentiu alguma vez "descarregado" por emoções negativas? Agora já sabe porque seu corpo também se descarrega! Os códigos de DNA conectaram-se novamente quando os pesquisadores tiveram sentimentos de amor, alegria, gratidão e apreço.

Essa experiência foi aplicada posteriormente a pacientes HIV positivos. Descobriram que os sentimentos de amor, gratidão e apreço criaram RESPOSTAS DE IMUNIDADE 300.000 vezes maiores que a que tiveram sem eles. Assim, temos aqui uma resposta que nos pode auxiliar a permanecermos com saúde, sem importar quão daninho seja o vírus ou a bactéria que esteja flutuando ao redor. Mantendo os sentimentos de alegria, amor, gratidão e apreço. Estas alterações emocionais foram mais além de seus efeitos eletromagnéticos.

Os indivíduos treinados para sentirem amor profundo foram capazes de mudar a forma de seu DNA. Gregg Braden diz que isto ilustra uma nova forma de energia que conecta toda a criação. Esta energia parece ser uma REDE ESTREITAMENTE TECIDA que conecta toda a matéria. Podemos influenciar essencialmente esta rede de criação por meio de nossas VIBRAÇÕES.

RESUMO: O que têm a ver os resultados destas experiências com nossa situação presente? Esta é a ciência que nos permite escolher uma linha de tempo que nos permite estar a salvo, não importa o que aconteça. Como Gregg explica em seu livro O EFEITO ISAÍAS, basicamente o tempo não é apenas linear (passado, presente e futuro) mas também é profundidade. A profundidade do tempo consiste em todas as linhas de tempo e de oração que possam ser pronunciadas ou que existam. Essencialmente, suas orações já foram respondidas. Simplesmente ativamos a que estamos vivendo por meio de nossos SENTIMENTOS.

É assim que criamos nossa realidade, ao a escolhermos com nossos sentimentos. Nossos sentimentos estão ativando a linha do tempo por meio da rede de criação, que conecta a energia e a matéria do universo. A lei do Universo é que atraímos aquilo que colocamos em nosso foco. Quando se foca em temer qualquer coisa seja lá o que for, está enviando uma forte mensagem ao Universo para que lhe envie aquilo que mais teme.

Em troca, se puder manter-se com sentimentos de alegria, amor, apreço ou gratidão e focar em trazer mais disso para sua vida, automaticamente vai afastar o negativo. Estaria escolhendo uma LINHA DE TEMPO diferente com estes sentimentos.

Podem prevenir o contágio do antrax ou qualquer outra gripe ou vírus, permanecendo nesses sentimentos positivos que mantêm um sistema imune extraordinariamente forte.

Sendo assim, esta é uma proteção para o que vier: buscar algo pelo qual possa estar alegre todos os dias, cada hora se possível, momento a momento. Esta é a mais fácil e melhor das proteções que pode ter.

*Greg Braden é o autor de "The Isaiah Effect"(O EFEITO ISAIAS) e de "Awakening to the Zero Point" (DESPERTANDO PARA O PONTO ZERO).
Acesse a fonte original: http://www.greggbra den.com

domingo, 27 de junho de 2010

ORAÇÃO DO AMIGO

Acesse:


ORAÇÃO PARA AGRADECER A COLHEITA

"Deus,dai-me a honra de colaborar com a vossa sagrada obra de Iluminação da humanidade. Esta contribuição que venho vos oferecer é uma parte da "COLHEITA" que de vós recebi este mês. É com o coração repleto de alegria e gratidão que venho oferece-la como fundo para ajudar a concretizar o Paraiso terrestre, onde toda a humanidade possa viver alegre e próspera, acreditando que com isso estarei, ao mesmo tempo, fazendo oferenda às almas de meus antepassados e semeando a prosperidade dos meus descendentes."
MUITO OBRIGADO, DEUS!
Oração para sintonizar a mente do pequeno eu com a mente de Deus


Ó Deus, orientai-me durante o dia de hoje

Conforme a Vossa vontade

Orienta-me com vossa Sabedoria

De tal modo que meus atos sejam para a Vossa glória

E tragam benefícios à humanidade.

domingo, 13 de junho de 2010

CONVENÇÃO NACIONAL DA SEICHO-NO-IE DO BRASIL

Adquira já seu convite através do e-mail aplvilamazzei@gmail.com

Veja os vídeos abaixo, para saber um pouquinho do que haverá nesse dia tão especial

domingo, 30 de maio de 2010


SEMINÁRIO DA FAMÍLIA

Núcleo Vila Mazzei


I M P E R D Í V E L

Temas

Como melhorar a sociedade e o lar
Princípio do amor e formação do lar
Solução de problemas (perguntas e respostas)


Dia 03 de junho de 2010
(feriado de Corpus Christi)

14h as 18h


Orientador

Preletor Okito Fugiwara

Preletor em grau máster
Tradutor e amigo pessoal do Mestre Masaharu Taniguchi

Haverá sorteios de ótimos presentes!!!


Convites Limitados
Contribuição R$ 10,00
(entre em contato através do e-mail aplvilamazzei@gmail.com)


Local

Núcleo Vila Mazzei
Rua Cônego Ladeira, 272
(altura do n° 434 da Avenida Mazzei)
Onde procurar a felicidade



Todos desejam a felicidade. Isto é, absolutamente, coisa errada, pois o homem é filho de Deus e foi criado para viver feliz. A maioria das pessoas, no entanto, deseja a felicidade e, não a encontrando, vive infeliz. Isto porque está desejando a felicidade numa direção errada. Na Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade é revelado: “Aquele que procura a felicidade na matéria, que é produto do sonho e da ilusão, e um perseguidor de sonhos e jamais conseguirá encontrar a felicidade”.


Jesus ensinou: “Não só do pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus”. O pão aqui citado simboliza a provisão de uma coisa material, e a palavra que sai da boca de Deus” simboliza a palavra e a ação que vêm do amor. Por mais que acumule matérias, o homem não pode ser feliz só com isso. Os idosos na Suécia vivem nos mais bem equipados e agradáveis asilos do mundo, mas, apesar de terem satisfeitas todas as suas necessidades materiais, é grande o numero de suicídios. Isso se explica pelo fato de que eles são sustentados pelo sistema frio e mecânico de Assistência Social e não pela palavra que sai da boca de Deus,isto é, por palavras e ações de amor. Para o homem ser feliz não deve procurar a felicidade na matéria, e sim, cria-la pelo amor e caridade. Manifeste o amor. Daí virá a felicidade


do livro: “Convite à Felicidade vol. 1” - Masaharu Taniguchi

sexta-feira, 14 de maio de 2010

CICLO DE ESTUDOS DA PROSPERIDADE


"Saiba que seu destino é traçado pelos seus próprios pensamentos, não por alguma força que venha de fora.
O seu pensamento é a "planta" concebida por um arquiteto para construir um edifício denominado prosperidade. Você deve tornar seu pensamento mais elevado, mais belo e mais próspero. "
do livro: A prosperidade em suas mãos – Yoshishico Iuassaca

Qual a Finalidade?


Propiciar aos participantes o seu autodesenvolvimento através do autoconhecimento, identificando a sua potencialidade e reflexão sobre a necessidade de elaboração de um projeto pessoal de prosperidade ampla, à luz da magnífica obra “A verdade da vida” do Mestre Masaharu Taniguchi.


A quem se destina?


Inicialmente dirigido a empresários, profissionais liberais, autônomos e executivos em geral, hoje procurado também por todo tipo de pessoa que pretende tornar-se tal, pela objetividade e uso correto da mente e da introdução de práticas inovadoras na gestão do imponderável no mundo dos negócios e no cotidiano da vida pessoal, familiar e profissional.


O que proporciona?

::O uso da visão não-materialista no mundo dos negócios;

::A transformação positiva do pensamento empresarial;

::Foco no bem estar e felicidade das pessoas de seu relacionamento;

::Harmonia, saúde e prosperidade da humanidade;

::Oportunidade de conhecer e conviver com pessoas que se (re)ergueram e contam como saíram da crise, alcançaram sucesso e tornaram-se prósperas;

::Enfim, felicidade para o maior número possível de pessoas, através de orientaçao pessoal, supervisão para elaboração do projeto pessoal de prosperidade, palestras para grupos e/ou empresas interessadas e outros tipos de ajuda compatíveis com o programa.

Histórico

O Ciclo de Estudos iniciou-se em São Paulo , ano em que um grupo de 9 empresários, inicialmente apenas de São Paulo, reuniu-se sob a coordenação da APSIB - Associação da Prosperidade da Seicho-No-Ie do Brasil, para estudo da Doutrina da Seicho-No-Ie na Sede Central do Brasil.


Em 1994, dado ao número elevado de alunos que se deslocaram de todo o Brasil para assistirem às aulas do Ciclo ministrada em São Paulo , a APSIB decidiu descentralizá-lo, passando então a ser ministrado em hotéis (ou local apropriado) de várias Regiões do Brasil.

O Ciclo, que tem angariado o respeito por todas as Regiões por onde se instala, é constituído atualmente de 04 níveis de graduação, isto é, Nível I, Nível II, Nível III e o Nível Especial.

O Ciclo de Estudos da Prosperidade, conforme estabelecido em conjunto com a Superintendência dos Preletores, tem validade e equivalência para nomeação de Divulgadores (nível I) e também para exame de Preletores (nível III).

A expectativa da APSIB ao ministrar o Ciclo de Estudos em todo o Brasil, é promover uma completa reformulação dos pensamentos dos alunos participantes, somada as atitudes do aluno na vida cotidiana, preparando o aluno para o sucesso na vida empresarial e pessoal, bem como consolidar o sucesso global, na perspectiva da verdadeira prosperidade, tendo em vista a promoção de mudanças positivas na sociedade e no mundo empresarial.

Graças ao empenho e seriedade com que todos os dirigentes se envolveram nesta jornada, a Sede Central da Seicho-No-Ie do Brasil oficializou o Ciclo de Estudos, do qual faz parte a partir de 2000 do seu Programa Doutrinário.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Cura de pneumonia após Oração Mútua assusta médica de um Pronto Socorro em Santo André - São Paulo.

Relato de Thiago Miranda Coelho - Regional SP-Santo André

Este fato aconteceu quando eu tinha apenas cinco anos de idade.

Era um feriado prolongado de quatro dias. Minha família e eu tínhamos acabado de voltar de Minas Gerais. No sábado comecei a apresentar crise de tosse e febre alta, mas minha mãe achou melhor esperar antes de ir ao médico, para ver se melhorava.

No dia seguinte, eu continuava com as crises, então, minha mamãe percebeu que quando eu tossia me doía muito o peito e acabaram me levando ao médico. Entretanto, na época, nós estávamos sem convênio médico, então fomos ao Pronto Socorro, situado no centro de Santo André, SP.

Chegando lá, assim que entrei na sala da médica, só de me ver, ela percebeu que eu estava com pneumonia, mas pediu uma radiografia (raio X) para ter certeza. Com o resultado veio a confirmação de que eu estava com pneumonia, com metade do meu pulmão totalmente preto; por isso resolveu me internar. Porém não havia quartos disponíveis. Fui medicado com injeção chamada penicilina, para ser tomada uma vez por dia, durante mais ou menos 20 dias.

A médica perguntou ao meu pai se ele tinha condições de cuidar de mim naquela noite, até conseguir um leito no hospital. E pediu também que, se a febre aumentasse ou o meu estado piorasse, me levassem imediatamente ao hospital, ou retornassem comigo pela manhã para me examinar.

Meu pai respondeu que seguiria rigorosamente o que ela havia orientado e assim voltamos para casa.

Logo que chegamos, meus avós estavam nos aguardando.

Coincidentemente era um domingo e havia reunião na Associação da Seicho-No-Ie próxima da nossa casa. Meu pai sugeriu à minha mãe que fosse a reunião, pois não iria adiantar nada ela ficar em casa. Só que ela não queria ir, ainda estava muito preocupada com minha situação e não queria se ausentar naquele momento. Contudo, ele pediu a ela que ficasse despreocupada, porque ele e meus avós não iriam sair e me fariam companhia.

Assim ela decidiu ir. A reunião naquela noite era sobre Oração Mútua.

Minha mãe nunca tinha participado antes e não sabia como funcionava, mas, com a explicação do preletor, ela entendeu que também poderia fazer a oração em prol de alguma pessoa que não estivesse presente. Decidiu oferecê-la para o restabelecimento da minha saúde.

Em determinado momento da Oração, foi pedido que, as pessoas visualizassem somente a Imagem Verdadeira da pessoa que iria receber a oração. Naquele momento, minha mãe lembrou-se da nossa viagem a Minas Gerais, que era um lugar onde eu adorava muito. Brincava com meus primos e meus amigos, me sentia muito alegre e sempre estava me divertindo, brincando, nadando na piscina com meu pai e minhas irmãs e sempre sorrindo e feliz. Ela visualizou a cena fortemente e em nenhum momento ela deixou o seu pensamento positivo sair daquela sintonia.

Logo que a Oração Mútua se encerrou, minha mãe foi falar com a Presidente da Associação Local e contou a ela o que estava acontecendo. A presidente confortou-a dizendo que ela tinha feito a coisa certa e que agora era só entregar a Deus.

No momento em que minha mãe chegou em casa, comecei a tossir sem parar, até que vomitei bastante, desde a sala até o banheiro. Meus pais e meus avós, naquela situação, já não sabiam o que fazer; tinham entrado em desespero, até que, finalmente, eu parei de passar mal, olhei então para a minha mamãe e disse: “Mamãe, não está doendo mais nada, eu sarei”.

E realmente todo meu sofrimento tinha desaparecido e eu me senti ótimo.

Pela manhã, meu pai me levou novamente ao pronto-socorro, e a mesma médica que havia me atendido estava lá. Só de me olhar ela disse que meu estado estava melhor. Então, fomos novamente fazer o raio-x para verificar a situação do meu pulmão e para ver se ainda haveria necessidade de me internar.

Quando a médica viu o resultado do exame disse assustada que não era o mesmo menino que o pai tinha levado no dia anterior, pois a situação do meu pulmão era perfeita.

Para ela era um milagre diante da medicina. Ela estava pasma com aquela situação, afinal, um menino que chegou passando muito mal, necessitando de internação, aparece no outro dia totalmente curado para ela aquilo era impossível.

Como não conseguia acreditar no que estava vendo, resolveu prescrever uma série de antibióticos e repouso absoluto.

Meus pais acreditavam que não haveria necessidade de tomá-los e por isso foram procurar outro médico.

Com os novos resultados dos exames, o Dr. confirmou o que meus pais já esperavam: a cura “total”.

Agradeço a Deus, ao Mestre Masaharu Taniguchi e ao imenso amor e fé dos meus pais e familiares. Agradeço também às práticas da Seicho-No-Ie, e a esse fato que serviu para fortalecer a união da minha família no ensinamento de que o homem é filho de Deus, perfeito e maravilhoso.

Hoje, pertenço a Associação dos Jovens, sou um dirigente atuante. Muito obrigado.
ORAÇÃO PARA LOUVAR A IMAGEM VERDADEIRA DE TODAS AS PESSOAS

Venho à presença de Deus para ouvir a Sua voz. Sendo filho de Deus, eu capto no fundo do meu ser a vibração da mente do Pai. Quando minha mente entra em sintonia com a mente de Deus, soa dentro de mim a Sua vibração mental. Volvo minha mente a Deus. Ele é amor infinito, sabedoria infinita, Vida infinita, provisão infinita, alegria infinita, harmonia infinita. Acolhido no colo de Deus, capto com toda a minha alma a vibração mental dEle. A mente de Deus é repleta de amor e sabedoria. O seu propósito é vivificar, é doar, é proporcionar alegria, é concretizar a harmonia. Deus criou o mundo com esse sagrado e grandioso propósito. Portanto, a Imagem Verdadeira deste mundo é um lugar onde reinam o amor, a sabedoria, a energia vital, a prosperidade, o jubilo e a grande harmonia. Minha alma capta com nitidez a Imagem Verdadeira deste mundo.

Estou diante de Deus e capto, com toda minha alma, a Imagem Verdadeira deste mundo. Minha alma está em consonância com o mundo de Deus. Grandioso amor de Deus, grandiosa sabedoria de Deus, grandiosa Vida de Deus, sagrada riqueza, sagrado jubilo , sublime harmonia – tudo isso existe aqui. E eu tenho a nítida percepção disso porque minha alma se identifica com os atributos divinos acima mencionados. Sou filho de Deus, e a minha Imagem Verdadeira – como a de todas as pessoas – é estar em sintonia com Deus, colaborar com as ações de Deus, expressar os atributos de Deus e viver em comunhão com Deus.

Fonte: Orações Diárias - Masanobu Taniguchi

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

A prosperidade em negócios, como a saúde, depende do estado espiritual.


Mesmo tratando de negócios e trabalhos, o problema fundamental não é material e sim espiritual. A sinceridade é que atrai os fregueses e um serviço leal traz a prosperidade. Um negocio feito sem sentimento ou um trabalho feito sem entusiasmo, só poderá fracassar e declinar. Também a questão da saúde física não é simplesmente material. O corpo é formado de inumeráveis células e cada uma delas possui seu próprio espírito. As células do estomago e dos intestinos não absorvem qualquer matéria dissolvida. Possuem a inteligência de absorver e assimilar distintamente só as coisas necessárias ao organismo humano. O nosso estado espiritual influencia essas células e torna o corpo saudável ou doentio.



Livro: “Convite à Felicidade vol. 1” (Dr. Masaharu Taniguchi)

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O pensamento não é substitutivo da ação

Mesmo que se diga para fazer somente Shinsokan, isto não significa ficar sentado orando o dia todo. O pensamento não substitui a ação. Não produzirá, portanto, efeito algum se você ficar pensando e não agir cuidando dos pequenos detalhes. Não adianta colocar água num balde furando e rezar: “Por favor. Faça com que este balde não vase”. Orar significa unir-se com a sabedoria de Deus e receber a Sua orientação. Ao agir de conformidade com esta sabedoria, o homem conseguirá fazer com que o balde não vase.



Livro: “Convite à Felicidade vol. 1” (Dr. Masaharu Taniguchi)

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Não olhe o fenômeno, olhe a Imagem Verdadeira


Se conservar sempre, na sua mente, pensamentos e sentimentos otimistas, seu corpo será belo, forte e saudável. Mas, ao contrário, se mantiver sentimentos que prejudiquem os outros, excesso de preocupações, ódios, rancores ou maledicências, aparecerão as feias rugas ou um descontrole orgânico capaz de originar varias doenças. Cristo nos ensinou: “Não deves julgar o próximo pelas aparências”. Na Seicho-no-ie dizemos que o fenômeno não existe; veja somente a Imagem Verdadeira; todo ser humano, seja de que aparência for, em seu Aspecto Real é filho de deus. Se orar pensando na perfeição do Filho de Deus, por pior que possa parecer a forma externa, ele virá a tornar-se perfeito.


Livro: “Convite à Felicidade vol. 1”

(Dr. Masaharu Taniguchi)

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

A mais pura verdade


Dona Cacilda é uma senhora de 92 anos, miúda, e tão elegante, que todo dia às 08 da manhã ela já está toda vestida, bem penteada e discretamente maquiada, apesar de sua pouca visão.

E hoje ela se mudou para uma casa de repouso: o marido, com quem ela viveu 70 anos, morreu recentemente, e não havia outra solução.

Depois de esperar pacientemente por duas horas na sala de visitas, ela ainda deu um lindo sorriso quando a atendente veio dizer que seu quarto estava
pronto. Enquanto ela manobrava o andador em direção ao elevador, dei uma descrição do seu minúsculo quartinho, inclusive das cortinas floridas que
enfeitavam a janela.

Ela me interrompeu com o entusiasmo de uma garotinha que acabou de ganhar um filhote de cachorrinho.

- Ah, eu adoro essas cortinas...
- Dona Cacilda, a senhora ainda nem viu seu quarto... Espera um pouco...
- Isto não tem nada a ver, ela respondeu, felicidade é algo que você decide por princípio. Se eu vou gostar ou não do meu quarto, não depende de como a
mobília vai estar arrumada... Vai depender de como eu preparo minha expectativa.

E eu já decidi que vou adorar. É uma decisão que tomo todo dia quando acordo.

Sabe, eu posso passar o dia inteiro na cama, contando as dificuldades que tenho em certas partes do meu corpo que não funcionam bem...
Ou posso levantar da cama agradecendo pelas outras partes que ainda me obedecem.

- Simples assim?
- Nem tanto; isto é para quem tem autocontrole e exigiu de mim um certo treino' pelos anos a fora, mas é bom saber que ainda posso dirigir meus
pensamentos e escolher, em consequência, os sentimentos.

Calmamente ela continuou:
- Cada dia é um presente, e enquanto meus olhos se abrirem, vou focalizar o novo dia, mas também as lembranças alegres que eu guardei para esta época da
vida. A velhice é como uma conta bancária: você só retira aquilo que guardou. Então, meu conselho para você é depositar um monte de alegrias e
felicidades na sua Conta de Lembranças. E, aliás, obrigada por este seu depósito no meu Banco de Lembranças. Como você vê, eu ainda continuo
depositando e acredito que, por mais complexa que seja a vida, sábio é quem a simplifica.

Depois me pediu para anotar:
*** COMO MANTER-SE JOVEM ***

1. Deixe fora os números que não são essenciais. Isto inclui a idade, o peso e a altura.
Deixe que os médicos se preocupem com isso.

2. Mantenha só os amigos divertidos. Os depressivos puxam para baixo.
(Lembre-se disto se for um desses depressivos!)

3. Aprenda sempre:
Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não deixe que o cérebro se torne preguiçoso.

'Uma mente preguiçosa é oficina do Alemão. ' E o nome do Alemão é Alzheimer!

4. Aprecie mais as pequenas coisas.

5. Ria muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ria até lhe faltar o ar.
E se tiver um amigo que o faça rir, passe muito e muito tempo com ele ou ela!

6. Quando as lágrimas aparecerem, aguente, sofra e ultrapasse.
A única pessoa que fica conosco toda a nossa vida somos nós próprios.
VIVA enquanto estiver vivo.

7. Rodeie-se das coisas que ama:
Quer seja a família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja.
O seu lar é o seu refúgio.

8. Tome cuidado com a sua saúde:
Se é boa, mantenha-a.
Se é instável, melhore-a.
Se não consegue melhorá-la, procure ajuda.

9. Não faça viagens de culpa. Faça uma viagem ao centro comercial, até a um país diferente, mas NÃO para onde haja culpa

10. Diga às pessoas que ama que as ama a cada oportunidade.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010


Oração para enfrentar momentos críticos

Há pessoas que, diante de situações difíceis, ficam presas a essa adversidade e perdem totalmente a mobilidade, como se fossem um sapo mirado por uma cobra. Embora bastasse voltar as costas para tal situação, não o fazem e acabam se atirando exatamente na cratera do vulcão da situação adversa, transformando-se em protagonistas de uma tragédia. O desespero, o pessimismo e a autocomiseração é que empurram as pessoas para as dificuldades, impedindo-as de raciocinar e agir com lógica. É por isso que deixam de solucionar o problema a contento e desperdiçam sabedoria.O homem não foi criado para ser protagonista de tragédia. Conscientizemos que somos criaturas do reino de Deus, “filhos de Deus”. Assim, em vez de arrastados pelas tragédias deste mundo, tomemos atitude de espectador e observemos friamente nossa própria conduta, para decidirmos o caminho a seguir. Convém mentalizar da seguinte maneira:

Sou filho de Deus.
Em qualquer situação com que defronto,
jorra do meu interior sabedoria maior do que as adversidades.
Só posso vencer infalivelmente, pois a vitória existe dentro de mim.

Do livro: Minhas Orações - Masaharu Taniguchi

domingo, 17 de janeiro de 2010

Para relacionar-se bem com todos

O essencial, acima de tudo, é saber que este mundo foi criado por Deus e que Ele é o Pai de todas as criaturas; que todas as criaturas são irmãs entre si; que desde o princípio todos querem bem uns aos outros, sem discórdias nem sentimentos negativos tais como ódio, rancor etc. e que, portanto, não há o que “perdoar ou não perdoar”.Se no aspecto fenomênico há “pessoas a quem devemos perdoar”, isso significa que mentalmente estamos admitindo a existência do mal e negando que todas as criaturas de Deus são “personificação do Bem, do Belo e da Verdade”, e tal atitude mental impedirá que a nossa vida se torne radiosa e feliz. Portanto, se nas profundezas da mente existir, por pouco que seja, o reconhecimento da existência do mal e a negação da excelência da criação de Deus, é preciso purificar a mente o quanto antes possível, eliminando tais pensamentos negativos. Para isso, devemos mentalizar:

Relaciono-me harmoniosamente com
todas as pessoas, todos os seres viventes
e todas as coisas.
Já não tenho mais necessidade de perdoar,
pois compreendi que desde o princípio
estou em paz e harmonia com tudo e com todos,
e que sou um com todas as criaturas.
O Amor de Deus preenche o Universo,
está presente em toda parte,
envolve-me, impulsiona-me e flui dentro de mim,
sendo impossível afastar-me desse Amor.
Obrigado, Deus! Obrigado!
Do livro: Minhas Orações - Masaharu Taniguchi

domingo, 3 de janeiro de 2010

ESTA VOCÊ NÃO PODE PERDER!!!!!!!

Venha elaborar seu projeto para o ano de 2010, com orientação da maravilhosa preletora

Regina Celia Feichas Vieira

Teremos uma palestra com o tema


OS 12 ELOS DA CORRENTE QUE REALIZA O IDEAL

E em seguida a oportunidade de escrevermos nosso projeto !!


*** dia 05/01 (terça-feira), as 20h ***


Entrada franca

sábado, 2 de janeiro de 2010


FESTIVIDADE DO SANTUÁRIO HOOZO

A Festividade do Santuário Hoozo, que ocorre todos os anos na Academia de Treinamento Espiritual de Ibiúna- SP, é um grandioso evento que reúne tanto no mundo terreno quanto no espiritual, milhares de pessoas e almas. Uma festa onde podemos dedicar a nossa gratidão a aqueles que vieram antes de nós.

Por que devemos orar para nossos antepassados?
Existem espíritos que ainda não alcançaram a iluminação e continuam presos às sensações da vida terrena; eles sentem fome, dor, carência etc. Devemos ajudá-los oferecendo-lhes o que necessitam. Realizar cerimônias em memória dos antepassados em conformidade com a religião tradicional da família é um meio de proporcionar-lhes paz e conforto. É dessa forma que o mestre Masaharu Taniguchi esclarece sobre o significado da Cerimônia em Memória dos Antepassados. Explicando melhor, um espírito que se conscientizou da Verdade e atingiu o estado de liberdade absoluta não tem necessidade de receber orações. Mas é um procedimento correto seus descendentes oferecerem a leitura da sutra sagrada a esse espírito desperto, com o sentimento de gratidão a ele. Assim, o espírito assimilará essas palavras da Verdade e se aprimorará, libertando-se ainda mais. Portanto, devemos oferecer aos antepassados a leitura da sutra sagrada com sentimento de respeito e gratidão.

O QUE É REGISTRO ESPIRITUAL E ONDE ADQUIRÍ-LO?

Registro Espiritual é um impresso criado especificamente para essa atividade.Nele se escreve o nome da pessoa falecida, ou o sobrenome da família, ou o do anjinho abortado. O Registro Espiritual pode ser adquirido nas Associações Locais, ou nas Regionais da Seicho-No-Ie, inclusive na Academia de Ibiúna no dia do evento.

Quem pode ser inscrito no Registro Espiritual?

Todos aqueles que já faleceram podem ser inseridos no Registro Espiritual especialmente para a Festividade do Santuário Hoozo: parentes (pais, irmãos, tios, primos, sobrinhos, avós etc.), vizinhos, conhecidos, ex-colegas de escola, trabalho, clube,patronos de cidades, de escolas e de ruas e autoridades civis,militares, por exemplo, assim como suas respectivas famílias.
Quais são os Registros Espirituais?
Registro Espiritual ALMA DOS ANTEPASSADOS DA FAMÍLIA
No Registro Espiritual ANTEPASSADOS DA FAMÍLIA, deve-se colocar apenas o sobrenome da família, sendo simples ou composto.
Exemplos:Registro Espiritual nº 1: Silva.Registro Espiritual nº 2: Oliveira Santos
Registro Espiritual ALMA DE
No Registro Espiritual ALMA DE, coloca-se o nome completo da pessoa que será evocada de maneira individual.Exemplos:Antonio Marcos de Souza ou Maria Joana da Costa Pereira.
Registro Espiritual SUBLIME E ABENÇOADO ANJO DO REINO DE DEUS
Já o Registro Espiritual SUBLIME E ABENÇOADO ANJO DO REINO DE DEUS serve para as almas dos anjinhos que sofreram aborto. São consideradas anjinhos as crianças que não chegaram a nascer ou receber registro de nascimento nomundo terreno. Importante: às pessoas em cuja família haja a ocorrência de abortos provocados ou espontâneos, recomendamos que adquiram este Registro Espiritual, que é o apropriado, e “batizem” esses anjinhos, dando-lhes um no me completo (nome e sobrenome). É importante que lhes seja dado um nome que sirva tanto para homem quanto para mulher, como Nadir, Jaci, Renê, Juraci, Darci etc.
Por que orar para crianças que sofreram aborto (espontâneo ou provocado)?
Estima-se um total de 40 milhões de abortos provocados por ano no mundo inteiro. São infinidades de almas de crianças abortadas que não foram reconhecidas pelos pais e encontram- se perdidas e desorientadas no mundo espiritual.O clamor e as lágrimas dessas crianças se condensam e tomam a forma de inundações, maremotos e descontrole de outros fenômenos da natureza. Muitas vezes, a rebeldia dos adolescentes está ligada ao desespero dos anjinhos (irmãos e irmãs) que foram abortados e não estão recebendo orações dos responsáveis.São sete as conseqüências do aborto que podem se apresentar no comportamento de outros filhos, conforme o livro Pela Paz dos Anjinhos:
1. Perda de ânimo nos momentos mais decisivos da vida;
2. Permanência em lugares escuros;
3. Desejo insistente de ingerir doces e leite;
4. Mãos e pés constantemente gelados;
5. Rebeldia contra os pais;
6. Desejo de ficar solitário;
7. Gasto excessivo de dinheiro.
É por isso que a SEICHO-NO-IE DO BRASIL erigiu no sagrado solo da Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual de Ibiúna, em São Paulo, o Monumento dos Anjinhos Abortados, para oferecer orações a essas almas angelicais de todo o Brasil e da América Latina, que padecem anonimamente no mundo espiritual, para que eles recebam a luz da Verdade e se elevem a planos superiores.
Shirlei Lima Taufembach
Criciúma, SC

Meu marido contraiu câncer no intestino, devido a uma mágoa que tinha de seu pai, mas, quando nos casamos, eu não sabia que ele tinha essa doença. Por minha vez, era estéril. Antes do casamento, o médico disse a meus pais que eu nunca iria ter filhos, mas eles nunca contaram para mim; disseram a meu futuro marido e, se ele quisesse desistir do casamento por causa disso, poderia fazê-lo, pois estava no seu direito. Mas, por amor a mim, ele respondeu que isso não importava para ele. Casamos e, logo em seguida, conhecemos a Seicho-No-Ie através da revista Acendedor, e já fomos para a Academia de Santa Tecla com os meus sogros. Na Oração Mútua, meu marido se reconciliou com seu pai e, como num passe de mágica, ele se curou do câncer. É aqui que começa a minha história. Graças à Seicho-No-Ie, depois de um ano que estava praticando os ensinamentos, engravidei pela primeira vez! O médico disse que não acreditava, mas era verdade: eu estava grávida de gêmeos; era um casal; mas, com quatro meses, tive um aborto espontâneo, e sofri muito com isso. Porém, não deixei de acreditar que seria mãe, pois era o meu maior sonho. Logo em seqüência, fui à Academia de Santa Tecla, e, quando voltei, tive certeza de que estava grávida, e isto em menos de quarenta dias. Quando fiz o teste e o resultado foi positivo, fiquei feliz e agradeci muito a Deus. Quando retornei ao médico, ele mais uma vez não acreditou e disse que, com certeza, eu não poderia estar grávida, pois, no mínimo, teria de ficar seis meses em tratamento e, se conseguisse engravidar, seria um milagre. E, quando ele perguntou o que eu havia feito, respondi que “milagres acontecem quando se muda a mente”. Falei sobre a Seicho-No-Ie para ele, ao que respondeu que somente Deus poderia explicar, pois a ciência não. Tive um lindo filho, chamado Maikon, e logo tive mais dois filhos, Henrique e Bruno. E aí, para quem não poderia ter filhos, três estava bom. Então, meu marido fez vasectomia. Os anos se passaram, e os filhos cresceram. Certa noite, tive um sonho com minha avó, que já estava no mundo espiritual, dizendo que minha missão como mãe não tinha terminado, que havia sido interrompida. Então comecei a imaginar que poderia ter mais um filho e que poderia ser uma menina, como eu sempre quis. Os anos se passaram, e começamos a construir nossa casa, e eu disse a meu marido que queria deixar um quarto para o bebê. Ele riu e não concordou, pois, no princípio, não aceitava a idéia. Mas eu fui muito persistente e deixei um quarto com banheiro pronto, todo decorado para menina. Nessa época, estávamos afastados da Seicho-No-Ie, participando de um movimento de irmãos da igreja católica. Ficamos afastados da Seicho-No-Ie mais ou menos oito anos. Foram anos muito difíceis, com retrocesso muito grande em nossa vida. Não conseguíamos progredir mais e estávamos em atrito constante, eu e meu marido, devido à situação. Mas, um dia, decidimos voltar à Seicho-No-Ie devido a um convite para nossos filhos irem a um Seminário para Jovens. Então, comecei a pôr em prática todo o ensinamento. Fui ao Seminário para Mulheres na Academia, e, às 5 horas da manhã já estava lendo a sutra, praticando a Meditação Shinsokan e pedindo a Deus orientação do que fazer. Fomos à Clínica Fertilitá em Porto Alegre para uma consulta, pois parecia ser o único caminho que tínhamos. Chegando lá, a médica nos explicou como era feita a inseminação para escolher o sexo do bebê, mas fomos embora pensando que não seria bom esse procedimento. Mas o desejo de ter uma menina era tão forte que não desisti, e fizemos mais algumas tentativas, mas sem sucesso. Eu continuei fazendo todas as práticas e me coloquei a serviço da Seicho-No-Ie. Pedi que Deus me orientasse como deveria prosseguir para que meu marido voltasse ao médico e revertesse a vasectomia; ele não queria, mas acabou aceitando e marcou a cirurgia. O médico disse que as chances seriam mínimas, por já haver passado quinze anos e não existir nenhum caso que tivesse dado certo, porém insistimos para fazer. Em seis meses era para ser realizado o primeiro teste e, chegando o dia, estávamos cheios de esperanças, mas não aconteceu, pois os resultados deram 100% imóveis, e assim em mais três tentativas consecutivas. A essa altura, todos já me chamavam de louca por querer ter mais uma gravidez, mas eu dizia que iria ter uma filha, que se chamaria Nikole, pois estava tudo pronto para recebê-la. Reuni todos de minha família para ler a sutra aos antepassados e, no final, todos diziam “Vem, Nikole, pois estamos esperando por você. Já está tudo pronto!”. Um dia, chegando na reunião, uma amiga me perguntou se já havia inscrito Nikole na Missão Sagrada, ao que respondi que não. Então, eu a inscrevi e também encomendei uma Forma Humana para ela. E todos os dias, às 5 horas da manhã, praticava a Meditação Shinsokan e a leitura da sutra sagrada aos antepassados. Nisso, meu marido foi participar de um Seminário para Homens, na Academia de Curitiba, e pediu uma orientação à prel.ª Marie Murakami que estava orientando o Seminário. Ela recomendou que ele comprasse o livro Namoro, Casamento e Maternidade, e pedisse a Forma Humana n.° 11 (para conceber). Depois, eu é que fui a um Seminário para Mulheres, na Academia de Santa Tecla, e, como minha mãe estava hospitalizada, na Oração Mútua eu pensava unicamente na minha mãe saudável, mas, em minha mente, só via uma barriga de grávida. No dia 19 de dezembro de 2005, resolvemos tentar uma ajuda de um médico em Criciúma. Seria um procedimento simples. Eu já estava me sentindo grávida, contudo, mais uma vez não deu certo. No primeiro momento, fiquei arrasada, revoltada com Deus, com meu marido, e disse a ele: – Você não está fazendo a sua parte. – Você ficará grávida em 40 dias! Então, vamos conseguir AGORA! – respondeu ele. No dia 24 de janeiro de 2006, eu estava com fortes dores estomacais e muita azia, e fui ao médico, e ele me disse: – Shirlei acho que você pode estar grávida! No dia 9 de fevereiro, fiz o teste e, no mesmo dia, saiu o resultado: eu realmente estava grávida! Foi a maior emoção. Nesse momento, não fazia objeção quanto ao sexo do bebê; menino ou menina seria muito bem-vindo. No dia 25 de setembro de 2006, aos 9 meses de gravidez, com 2,815 kg, 48 cm, NIKOLE nasceu, linda e perfeita. Muito obrigada!
Maria Luiza Pagliari
Rio Verde, GO

Tenho 56 anos e conheci a Seicho-No-Ie em 1993. Saí de um bom emprego de 20 anos, em 1995, acreditando que, com a indenização recebida e os bens que eu já possuía, iria prosperar muito, mas foi um engano, e, dentro de um ano, fiquei sem nada. Resolvi mudar de cidade e Estado, e vim para Rio Verde em 1996, a fim de começar tudo outra vez. Com poucos recursos, sem conhecer ninguém, comecei a procurar emprego. O tempo foi passando, e nada conseguia. Pagando aluguel e com três filhas, de 12, 15 e 17 anos, não tínhamos como nos sustentar. Foram os colegas da Seicho-No-Ie que nos ajudaram. Minha maior vontade era que minhas filhas continuassem os estudos, mas a mais velha, para minha tristeza, ficou sem estudar, pois eu não tinha como custear seu ensino. Nesse tempo, fazia alguns bicos como vender produtos de casa em casa, e, no tempo disponível, dedicava-me à Seicho-No-Ie. Praticava muito, trabalhava como PAMS, fazia muita Meditação Shinsokan, Oração de Gratidão aos Antepassados, leitura e transcrição de sutras e livros sagrados, participava ativamente das tarefas da associação local. Em 1997, consegui um emprego. Ganhava pouco, mas tinha casa para morar, e, assim, saí do aluguel. Minha filha mais velha foi para o Paraná a fim de estudar; cursou uma faculdade estadual e morou na casa de estudante, pois assim o custo era menor. A segunda filha também teve de parar de estudar. Foi quando prestei um concurso público para trabalhar numa faculdade. Havia uma vaga. Entre uns 40 candidatos, todos jovens, e a maioria universitários, eu, com uns 20 anos sem estudar, via poucas possibilidades de ser aprovada. Então, mais uma vez apliquei o que havia aprendido nesta filosofia maravilhosa: ao iniciar a prova, fiz a Meditação Shinsokan e agradeci muito ao meu falecido pai por ter, com muito sacrifício, dado estudos aos 12 filhos, e eu, com sua proteção, também iria conseguir dar estudos às minhas filhas. Passei em primeiro lugar! Assim, em 1999, trabalhando na faculdade, consegui que as outras duas filhas cursassem o ensino superior, realizando, assim, um dos meus sonhos. Outro desejo era ter minha casa própria. Recebi um valor e, assim, nesse mesmo ano, realizei meu segundo desejo. Em 2005, eu e minhas filhas, todas trabalhando e com situação financeira estável, e prestes a ser avó, veio outro problema: foi diagnosticado câncer no intestino. Não contei para ninguém, pois minha filha mais velha estava no final da gravidez. Foi muito difícil, pois os médicos queriam fazer a cirurgia imediatamente, suas secretárias telefonavam dizendo que eu precisava retornar e marcar a cirurgia com urgência, mas eu estava decidida a não contar até a chegada de meu neto. Não agüentando mais, contei à minha amiga e preletora Bernadete Colin, que muito me ajudou. Nasceu meu neto e foi-lhe dado, para minha surpresa e alegria, o nome de meu pai, Aurélio, que havia falecido de câncer no intestino. Então contei às minhas filhas o meu problema, e me deram muito apoio, dizendo que eu era uma guerreira e iria vencer também esta batalha. Pedi uma semana de licença no trabalho para fazer os exames e senti necessidade de fazer muitas orações para meu pai e seus irmãos que morreram de câncer. Assim, eu ficava o dia inteiro e parte da noite fazendo ininterruptamente Oração de Gratidão aos Antepassados e leitura do livro A Humanidade é Isenta de Pecado, em frente ao oratório. Após os exames realizados e depois de consultar vários médicos, todos foram unânimes nos prognósticos: U.T.I. após cirurgia, provável uso de bolsa e aplicação de rádio ou quimioterapia. Fizeram a cirurgia em Goiânia, que foi um sucesso, e saí do hospital antes do previsto, sem U.T.I. e sem usar bolsa! Minha fé era muito grande, e eu ainda praticava muito os ensinamentos da Seicho-No-Ie. 15 dias depois de operada, saiu o resultado: não havia necessidade de fazer rádio nem quimioterapia! Então, retornei a Rio Verde. Nesse momento tive certeza de que meus antepassados haviam se libertado do sofrimento entendendo que a “humanidade é isenta de pecado”, e eu, graças aos meus antepassados e a todas as orações que recebi de muitas pessoas, estava curada do câncer no intestino! E ainda tinha o meu terceiro sonho! Um carro, que veio com a chegada de meu neto, presente de meu genro à minha filha, mas sou eu que o uso. Hoje, levo uma vida completamente normal, praticando e dedicando-me aos ensinamentos da Seicho-No-Ie. Agradeço a Deus pela vida, ao mestre Masaharu Taniguchi por esta filosofia maravilhosa, aos meus antepassados, às minhas queridas filhas, às preletoras Hilda Zordan, Bernadete Colin e Odária Guimarães, pelo apoio e pelo conforto recebidos, e a todos os presentes neste Seminário, pela oportunidade de pronunciar meu relato. Muito obrigada!
Margareth Santos Borges Vilela
Mineiros - GO


Conheci a Seicho-No-Ie no ano de 1996, onde recebi três revistas – Pomba Branca, Fonte de Luz e Mundo Ideal -, as quais foram engavetadas. Mas esta mãe maravilhosa que possuo na Seicho-No-Ie, Bernadete de Lourdes Colin, não desistiu e me enviou um convite para participar de um Seminário de Gratidão aos Pais. Foi aí que passei a praticar e freqüentar as reuniões de vizinhanças de minha cidade, tomando a decisão de conhecer e levar esta filosofia ao maior número de pessoas.No ano de 1998, meu pai foi acometido por uma tuberculose na coluna, com dores fortíssimas, ficando uns 20 dias em momentos alternados sem lucidez e, nos momentos em que eu ficava com ele, sempre lia a Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade ou a Contínua Chuva de Néctar da Verdade para ele. Nesses momentos, aliviava a dor e ele conseguia dormir um pouco. Então, sempre que eu chegava ao hospital para ficar com ele, me pedia: “Faça aquela sua reza”. Logo em seguida, foi acometido por aneurisma, sendo então marcada uma cirurgia para remover o coágulo. Nesse espaço de tempo, entre o diagnóstico até a cirurgia, transcrevi a Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade para o papai, passei a oferecer Oração de Gratidão aos Antepassados e incansavelmente a visualizar a Imagem Verdadeira do meu pai, como filho de Deus, perfeito, saudável e maravilhoso. Então, foi realizada a cirurgia. Mas, antes, papai fez um acordo com o médico que, ao terminar a cirurgia, minha mãe iria à U.T.I., pois ele queria vê-la, e assim eles firmaram o acordo. Só que o médico não contava que, ao abrir o crânio de papai, o coágulo estaria desfeito, e que papai precisaria de apenas alguns instantes na U.T.I., somente para se recompor, pois estava bastante frágil. Então, recebemos mais uma graça, pois há casos de aneurisma em que nem cirurgia pode ser feita; há outros que deixam seqüelas na pessoa, paralisando algum lado; outros em que não falam direito. Mas, no caso do meu pai, o coágulo foi desfeito antes da intervenção cirúrgica! Mas foi preciso ficar em repouso, sob observação médica, pois os médicos não entenderam o acontecido. Quando já estava quase recuperado para voltar para casa, surgiu um problema no coração e, após incansáveis exames e idas para São Paulo foi diagnosticado que seria necessária mais uma intervenção cirúrgica para trocar duas válvulas do coração. E, lá foi mamãe com papai para Goiânia novamente, para realizar a cirurgia. Para a nossa família não foi fácil porque o papai para nós era como a galinha com pintinhos em casa: trazia todos os filhos debaixo das asas, cuidando, protegendo, enfim nos guardando de todas as dificuldades. Por aí se pode imaginar o quanto estava sendo difícil para nós, mas não perdemos a fé em Deus e mantivemos a calma. Continuei com as sutras, Orações aos Antepassados, Meditação Shinsokan visualizando a Imagem Verdadeira e perfeita de papai. Correu tudo perfeito. Papai voltou para casa; agora, era só a fase de recuperação. Nisso, já era final de dezembro de 1999. Uma pessoa em fase pós-operatória do coração fica frágil, muito sensível. Papai tinha um medo terrível de morrer, e, além da cirurgia, ele também se preocupava se entraria no ano 2000. Com toda essa onda de ilusões, papai caiu numa depressão violenta, e tudo de estranho e horrível que pudesse acontecer a uma pessoa, sucedeu ao meu pai. Todos os lugares, remédios, simpatias que podíamos levar e serem feitos nós fizemos. Até que, um dia, caímos em nós e lembramos: “Nós temos DEUS, e o meu pai é um filho de Deus, perfeito, isento de todas estas ilusões! Sua Imagem Verdadeira é perfeita!”. Paramos com tudo, seguramos e entregamos nas mãos de Deus todos aqueles problemas, visualizando a Imagem Verdadeira de filho de Deus, perfeito, de papai.Hoje, quase dez anos depois de todas essas turbulências sofridas para o crescimento de cada um de nós, meu pai é um homem saudável, perfeito! E quem pôde caminhar ao nosso lado nesta caminhada fica perplexo diante da perfeição em que papai se encontra. Quem não pôde estar ao nosso lado e ficou sabendo, diz “Mas é só por obra de Deus mesmo, pois nem parece que seu pai passou por tudo isso”. Então, só tenho a agradecer imensamente a Deus, aos antepassados, aos meus pais e familiares, e em especial a esta pessoa maravilhosa que é Bernadete, por ter plantado a semente da Seicho-No-Ie em minha vida. Muito obrigada!
Francisco Dionísio Toledo
Contagem, MG

O sr. Francisco Dionísio Toledo contou que, na escola perto da favela, sempre havia brigas entre alunos e professores. Um pai de aluno matou a diretora por ter reprovado seu filho. Os alunos não estudavam e queriam passar de ano: esse era o motivo das constantes brigas. Essa escola, agora, tem o nome da diretora que foi assassinada, e se chama Escola Nair Santana. Foi feito o registro espiritual para a alma de Nair Santana e, agora, a escola está em perfeita harmonia. Não há mais brigas.
Alexandre do Amaral Ribeiro
Rio de Janeiro - RJ

Reverências. Muito obrigado! Na oportunidade da realização da 49ª. Festividade do Santuário Hoozo, gostaria de relatar fatos que ocorreram recentemente; foram graças recebidas em decorrência do amor que venho procurando dedicar a Deus e aos Antepassados da minha família e de pioneiros, não somente do Movimento de Iluminação da Humanidade, como também daqueles que de alguma forma contribuíram para a existência e o crescimento da nação.Desde criança, fui incentivado a ter respeito e amor pelos mais velhos. Convivi com avós e bisavós, o que hoje me ajuda a sentir quão próximos de nós estão nossos antepassados. Sempre com sentimento de reverência e admiração por suas histórias e feitos, cresci também num contexto em que a fé em Deus é condição primordial para a sobrevivência. Dessa maneira, mal sabia ler e escrever, mas já sabia rezar. Minha esposa relata nesse sentido uma infância muito parecida com a minha. Somos preletores da Seicho-no-Ie e viemos dedicando nossa vida ao Movimento, em especial à Associação dos Jovens, há aproximadamente vinte anos. Temos uma vida profissional bem-sucedida, mas, apesar disso, ainda não tínhamos nossa casa própria. Sem pensar em nenhum tipo de recompensa, colocamos em prática como prioridade em nossas vidas algumas decisões, a saber: construir um altar que expressasse também na forma, pelo menos em grande parte, o amor que nós e nossos antepassados sentimos reciprocamente; inscrever nossos pais no Culto Perpétuo; e enviar para a Festividade do Santuário Hoozo registros espirituais de todos os antepassados da família, além dos de parentes e amigos, de pioneiros da nação, em especial daqueles que fizeram parte da construção de nossas cidades, bairros etc. Assim o fizemos. Há dois anos conseguimos construir em casa um altar cuja beleza impressiona amigos, que, por vezes, desejam nos visitar motivados a conhecê-lo. Naturalmente, a força do amor aos nossos antepassados não está na beleza exterior, mas gostaríamos que ficasse entendido que se trata do desejo de oferecer o melhor àqueles sem os quais não poderíamos estar aqui. Oramos todos os dias diante desse altar, que ocupa posição de destaque na casa, uma vez que os antepassados são o centro de um lar. No ano de 2004, resolvemos enviar 700 registros espirituais para a Festividade do Santuário Hoozo, meta que cumprimos, confeccionando um caderno em que os temos registrado. No dia seguinte, fomos em busca de apartamento. Visitamos um, mas não gostamos muito. Ao descermos, explicamos para o corretor nossas necessidades. Fizemos isso na portaria do prédio que acabáramos de visitar, quando esse corretor apontou para a frente e disse: “Acabamos de receber esse apartamento, aqui em frente, para venda. Nem o anunciamos ainda. Vocês não querem visitá-lo?”. Aceitamos a proposta e simplesmente ficamos apaixonados pelo imóvel. Naquele dia mesmo, negociamos o preço com a então proprietária. Era um valor inacreditável, pois os imóveis no Rio de Janeiro são considerados muitos caros, principalmente o que acabávamos de escolher, devido à localidade e ao tamanho (o dobro daquele em que morávamos). Mas, então, que fazer? Ainda não havia solucionado totalmente a situação do meu nome, pois isso leva algum tempo... Oramos, então, e entregamos tudo nas mãos de Deus. Demos um sinal para o pagamento do imóvel. Foi nesse momento que conseguimos desvendar parte do “mistério” da existência de uma linha telefônica em meu nome que eu jamais havia comprado. Assim, estamos prestes a receber uma indenização da empresa de telefonia. Esse valor é muito bem-vindo neste instante. Há algo, porém, que ainda não relatei: é que a tal linha foi instalada em uma rua de que eu me lembrava da época da minha infância e que, por algum motivo, quando preenchi os registros para a Festividade do Santuário Hoozo, resolvi homenagear a pessoa que dava nome a essa rua. Temos certeza de que o espírito dessa pessoa que contribuiu para o crescimento daquele bairro e que passou a receber a leitura da sutra sagrada diariamente no Santuário, alcançou outros patamares de elevação espiritual e auxiliou na resolução de toda a situação relatada. Além disso, nosso apartamento fica exatamente no bairro de nossa preferência, o mesmo em que o presidente Getúlio Vargas suicidou-se, alma que nós sempre lembramos de inscrever. Hoje, passamos nossa meta para 1000 registros espirituais, em gratidão aos antepassados, e, devido ao tamanho de nosso novo apartamento, poderemos reservar um espaço razoável para orações, o qual já batizamos de “Jardim para Orações”. Encerro este relato, convidando a todos a não negligenciarem, de maneira alguma, o envio de um número grandioso de registros de almas para a 49a. Festividade do Santuário Hoozo, pensando não somente em nós mesmos e em nossas famílias, mas cumprindo o nosso dever de dedicação a Deus e para com a felicidade da humanidade. Afinal, o ensinamento “homem, filho de Deus” e o Movimento de Iluminação da Humanidade não podem ser privilégio apenas daqueles que se encontram de passagem neste mundo fenomênico. Nome e sobrenome de antepassados diretos, de parentes consanguíneos e afins, de familiares e de amigos, vizinhos, alunos etc; fizemos uma divulgação bastante satisfatória para o momento. Até vizinhos de casa, de meus pais, de amigos de trabalho nossos e de minha irmã sentiram-se motivados a inscreverem seus antepassados. Uma graça muito boa aconteceu, então. Conversando com uma preletora amiga, descobrimos que ela desejava mudar-se do Rio de Janeiro, retornando para a sua terra natal. Além de companheira de fé, essa preletora, tratava-nos como filhos, e desejava ardentemente vender-nos seu apartamento. Ficamos interessados, ainda que desejássemos um apartamento maior, que fosse mais adequado às nossas necessidades. Começamos a pensar como reunir proventos para adquiri-lo, quando eu tive uma grande surpresa. Fui ao banco para consultar diferentes modalidades de serviços. Após reunir algumas economias, decidi utilizar-me de um desses serviços, quando descobri que não seria possível, pois – informou-me a gerente – meu nome constatava no cadastro de mal pagadores. Fiquei lívido e, sem entender muito bem o que falava, perguntei: “Mas como pode ser isso?”. Ela respondeu-me que eu não teria pago contas de telefone e, devido a isso, estava impedido de prosseguir com as negociações. Levantei-me e fui para casa – um tanto quanto desnorteado – pensando “Não é possível que Deus tenha-me trazido até este momento maravilhoso, para, então, ver tudo desabar”. Comecei a orar na rua mesmo (mentalizando “Muito obrigado, Deus e antepassados”), quando, de repente, dei um salto de alegria e susto: “Mas, espera aí. Como eu posso não ter pago minhas contas de telefone a ponto de estar com o nome comprometido, se sequer tenho em meu nome uma linha telefônica?”. De fato, a linha telefônica convencional de minha casa está no nome de minha esposa, enquanto as de celular estão no meu nome. Fiquei feliz e, ao mesmo tempo, preocupado. Iniciei, então, uma série de investigações junto à empresa de telefonia e paguei as supostas dívidas, dando assim continuidade ao processo. Nesse ínterim, a preletora que nos venderia o seu apartamento acabou por fazê-lo para outros compradores. Ela precisava seguir viagem. Decidimos, então, passar uma noite inteira de vigília em casa, orando para nossos antepassados e pela felicidade daqueles que viriam a nos vender nosso apartamento. Comprá-lo, agora, já era uma decisão sem volta. Contamos, para isso, com a ajuda de todos dentro de casa. Pagamos todas as dívidas e compramos o apartamento. Muito obrigado!